Painel V – Integrando o conceito de resiliência no ciclo de vida dos ativos de infraestrutura de transporte

Transmissão online

Discussão entre especialistas sobre a incorporação da resiliência à mudança do clima na estruturação, execução e operação de empreendimentos no país.

 

Mateus Salomé do Amaral

Subsecretário de Sustentabilidade – Ministério da Infraestrutura

Graduado em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Mestre em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de Brasília (UnB). Foi Trainee, Gerente, Diretor e Presidente da Empresa Junior de Engenharia Ambiental (Ambiental Jr.). Foi Analista Ambiental do IBAMA, atuando na Diretoria de Licenciamento Ambiental. Foi também da carreira de Analista de Infraestrutura, com exercício no então Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), em que foi Coordenador de Gestão Ambiental e Articulação Institucional, Chefe da Assessoria Socioambiental e Coordenador-Geral de Meio Ambiente. Atuou como conselheiro do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). É Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres da ANTT, Agência na qual ocupou os cargos de Coordenador de Desenvolvimento da Fiscalização e Coordenador de Planejamento e Controle da Fiscalização Substituto, ambos na Superintendência de Fiscalização, e Gerente de Regulação e Outorgas de Rodovias Substituto da Superintendência de Exploração de Infraestrutura Rodoviária. Atualmente é Subsecretário de Sustentabilidade do Ministério da Infraestrutura (MInfra).

 

Roberto E. Hernandez Martinez

Diretor Executivo Seguros Corporativos, Vida & Previdência

ZURICH SEGUROS – BRASIL

Roberto iniciou na Zurich Insurance Group em 2001 como advogado da Zurich Espanha e desde então esteve em várias posições de liderança na empresa. Em 2012 iniciou como Diretor Executivo de Sinistros Commercial Insurance na Espanha antes de sua transferência para América Latina como Diretor Executivo Corporativo Sinistros LatAm em fevereiro de 2015.

Em novembro de 2015 mudou-se para o Brasil na função de Diretor Executivo de Sinistros, função que desempenhou até setembro de 2019 quando foi promovido a Diretor Executivo de Seguros Corporativos, Vida & Previdência. Roberto pertence à Equipe de Executivos da Liderança Brasileira, da Liderança de Seguros Corporativos LatAm e Liderança Global de Seguros Corporativos Vida e Previdência.

Sua experiência, conhecimento e entendimento das complexas necessidades dos clientes e brokers são instrumentos para assegurar aos clientes corporativos a segurança para proteção de seus riscos e enfrentar seus desafios. Roberto participa de diferentes iniciativas focadas no fortalecimento das estratégias para Diversidade e Inclusão e ações de Sustentabilidade voltadas para atividades preventivas e mitigação.

 

Alexandre Gross

Consultor especialista em mudança do clima – ONU – Organização das Nações Unidas

Engenheiro ambiental, com dupla formação pela Poli-USP e a École des Ponts ParisTech (França) e mestrado em Economia do Desenvolvimento Sustentável (ParisTech), atua na área de sustentabilidade e mudança do clima desde 2008. Foi gestor no Programa de Política e Economia Ambiental do Centro de Sustentabilidade (FGVces) da FGV, e atua hoje como consultor e especialista em políticas públicas no tema junto a cooperações internacionais, governo e empresas. Com projetos, estudos e formações para ministérios e vinculadas (Economia, Infraestrutura, Meio Ambiente, Indústria, BNDES, ANA) com foco em políticas públicas, instrumentos econômicos e de tomadas de decisão em temas como mitigação e gestão de risco climático, recursos hídricos e biodiversidade.

 

Rodrigo Tosta

Departamento de Meio Ambiente e Gestão do Fundo Amazônia BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social

Graduado em Engenharia Metalúrgica pela PUC-RJ e pós-graduado em Gestão e Tecnologias Ambientais pela Escola Politécnica da USP, ingressou no BNDES em 2011, atualmente faz parte da equipe do Departamento de Meio Ambiente e Gestão do Fundo Amazônia, envolvido com as agendas de risco socioambiental, clima e biodiversidade no BNDES.

 

 

Moderação

Ana Carolina Câmara

Diretora do Projeto ProAdapta da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit – GIZ

Graduada em zootecnia pela UFV, Mestre em Agronomia pela UFPI e especialista em Gestão Pública. Atuou como consultora em processos multiníveis e multisetoriais para desenvolvimento de políticas públicas voltadas à adaptação à mudança do clima.

Atualmente, atua na Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) como Diretora dos projetos CSI -Ampliação dos Serviços Climáticos para Investimentos em Infraestrutura e ProAdapta – Apoio ao Brasil na Implementação da Agenda Nacional de Adaptação à Mudança do Clima